•  
Compartilhe:
  • Enviar por e-mail
  • Orkut
  • Facebook
  • Twitter
  • Avalie:
08/03/2010 16:34

Para você, acesso à internet é direito fundamental?

  • Novo tópico
Páginas:  1  | primeira | anterior | próxima | última

UOL Tecnologia

Mensagens: 262
Cadastro: 28/08/2009

Nível 1



Acesso à internet é direito fundamental?


Quatro entre cinco adultos no mundo consideram o acesso à internet um direito fundamental do ser humano, segundo uma pesquisa realizada em 26 países para o Serviço Mundial da BBC.

O Brasil foi um dos países que mais defendeu esse ponto de vista, com 91% dos entrevistados concordando com o direito ao acesso à internet. A Coreia do Sul (com 96%), o México (com 94%) e a China (com 87%) também estão entre esses países.

Apesar da quase unanimidade entre os brasileiros, ainda é grande a defasagem do país em relação aos demais países: 46 milhões de domicílios não têm acesso à internet e o custo da banda larga no país é dez vezes maior do que em países desenvolvidos.

Segundo um estudo apresentado pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), juridicamente o serviço de internet ainda não é considerado como essencial. "É preciso discutir uma reforma para que a regulação contemple de modo mais moderno o fenômeno da convergência tecnológica", frisa o estudo.

O Ipea sugere ainda que o investimento público seja feito -- até mesmo por meio de parcerias público-privadas -- principalmente nas localidades onde a desigualdade é mais grave, no caso, as regiões Norte e Nordeste, pequenos municípios e áreas rurais. Esses lugares não dispõem de internet rápida em função da baixa atratividade diante da renda limitada da população e do alto custo de instalação do serviço.

* As informações são da BBC Brasil e do UOL Tecnologia

Na sua opinião, acesso à internet é direito fundamental? Deve haver investimento público no setor? Comente.



Banda Larga Nacional não depende apenas de melhoria na infraestrutura, alerta Ipea
Para 4 em cada 5 pessoas, internet é direito fundamental, diz pesquisa
UOL Tecnologia - Últimas Notícias
Siga o @UOLTecnologia no Twitter


Mensagem editada pelo usuário UOL Tecnologia em 26/04/2010 18:00.
Assinatura
http://twitter.com/UOLTecnologia

ZaZaZ

Mensagens: 105
Cadastro: 04/01/2010

Nível 0

Mensagem publicada em 26/04/2010 18:05
Acho que sim...
No Brasil, pelo menos, já temos condições de considerar internet um direito...
E, sim, sou a favor de investimento público para "democratizar" o acesso. O mercado é muito egoísta para isso.

Eterno visitante

Mensagens: 1
Cadastro: 27/04/2010

Nível 0

Mensagem publicada em 27/04/2010 16:54
Sem dúvida

Köserken

Mensagens: 9318
Cadastro: 29/10/2009

Nível 1

Mensagem publicada em 04/05/2010 14:53
Sim.
Assinatura
Sapphire Radeon HD5770
Windows 7 Ultimate 64
ECS A790GXM-AD3 Black Series
Phenom II X4 955 Black Edition
Samsung 1TB 7200RPM 32MB
4GB Geil ValuePlus (2x2GB)
XFX 550W Core Edition

FPD092

Mensagens: 13189
Cadastro: 18/01/2009

Nível 4

Mensagem publicada em 04/05/2010 15:45
Com certeza

Anderson Silva

Mensagens: 1
Cadastro: 05/05/2010

Nível 0

Mensagem publicada em 05/05/2010 20:06
A partir do momento que o governo fornece serviços que são dependentes diretos da internet ou que facilitam em muito a vida do cidadão (Imposto de Renda, Segunda Via de documentos e até Boletim de Ocorrencia Online), eu afirmo que sim a internet é um serviço essencial e um direito fundamental ao cidadão brasileiro.

Um ponto para o governo que cria uma forma de possibilitar finalmente o avanço tecnológico no país e um fator primordial na inclusão do povo ao acesso a informação verdadeiramente livre e imparcial que pode ser lida na internet através de portais como UOL e demais, claro não só o acesso a informação jornalistica como educacional e cultural, o que favorece a todos.

Basta agora o incentivo a compra de computadores e até na fabricação dos mesmos em território nacional, criando uma cadeia de inovação e avanço que nos favorecera.

Anderson Silva

Fabio Pancheri

Mensagens: 34809
Cadastro: 01/01/2002

Nível 10

Mensagem publicada em 10/05/2010 11:58
Assim como sexo, internet é essencial para o ser humano. Devia ser considerado direito fundamental.
Assinatura
X360: fpancheri
PS3: fpancheri
Wii: 7406 3097 0075 1293
http://twitter.com/fpancheri

madfoX

Mensagens: 304
Cadastro: 15/06/2009

Nível 0

Mensagem publicada em 10/05/2010 12:14
Engraçado como as pessoas falam sobre Direitos Fundamentais sem nem ter idéia o que é de fato um Direito Fundamental. Não que isso importe tanto, afinal, a nossa constituição enumera diversos DIreitos Fundamentais e nem por isso eles são garantidos a todos os cidadãos. Temos que garantir muita coisa ainda antes de pensarmos em universalizar o acesso à internet, na minha opinião. Do que importa, afinal, acessar a internet para alguém que não tem o que comer ou sem acesso à saúde e esgoto?

Gucci.MG

Mensagens: 19231
Cadastro: 29/05/2008

Nível 1

Mensagem publicada em 10/05/2010 19:56
ZaZaZ
Acho que sim...
No Brasil, pelo menos, já temos condições de considerar internet um direito...
E, sim, sou a favor de investimento público para "democratizar" o acesso. O mercado é muito egoísta para isso.

mauqb

Mensagens: 7212
Cadastro: 13/03/2009

Nível 0

Mensagem publicada em 14/05/2010 10:43
sim.

Melhor Nick de Todos os Tempos!!!

Mensagens: 3760
Cadastro: 02/02/2010

Nível 1

Mensagem publicada em 16/05/2010 11:59
Se nem os direitos que são considerados essenciais o povo recebe com qualidade (isso quando recebe), imagina internet que ainda é considerado supérfluo??? Sou a favor de tornar a internet como serviço essencial, mas acho que antes disso outros serviços devem ser melhorados (saúde é educação por exemplo) para ai sim debatermos se deve regulamentar algo que não é primeira necessidade.

Fabio Pancheri
Assim como sexo, internet é essencial para o ser humano. Devia ser considerado direito fundamental.

Eu ri .

Prado_2008

Mensagens: 2406
Cadastro: 13/08/2008

Nível 1

Mensagem publicada em 21/05/2010 20:47
madfoX
Engraçado como as pessoas falam sobre Direitos Fundamentais sem nem ter idéia o que é de fato um Direito Fundamental. Não que isso importe tanto, afinal, a nossa constituição enumera diversos DIreitos Fundamentais e nem por isso eles são garantidos a todos os cidadãos. Temos que garantir muita coisa ainda antes de pensarmos em universalizar o acesso à internet, na minha opinião. Do que importa, afinal, acessar a internet para alguém que não tem o que comer ou sem acesso à saúde e esgoto?

Corretíssimo.

A Internet é de uma importância extraordinária e pode-se dizer que está relacionada a diversos direitos fundamentais, servindo como um instrumento que facilita o acesso a diversos deles, em especial o acesso à informação. Mas não é um direito fundamental. Aliás, pouco adianta assegurar o acesso à informação a um povo que, em sua maioria, quando não é analfabeto, é analfabeto funcional. Obviamente, não dá para pensar em Internet sem, antes, pensar em Educação pública de qualidade. Inverter essa regra é medida comum em época de eleição, pois chama a atenção e é difícil mensurar investimentos e resultados.

Um dos únicos direitos fundamentais efetivamente respeitados em nosso país é o de crença religiosa. A única razão para isso é o fato de praticamente não custar nada para o Estado "respeitá-lo". Basta ficar inerte que é o que o Estado mais costuma fazer quando se trata de direitos fundamentais do cidadão. Só não há inércia do Estado quando se trata de sua sanha arrecadatória e de sua aptidão para gastar mal tudo o que arrecada e mais um pouco.

Considerar a Internet um direito fundamental parece-me estar em consonância com as controvertidas "ideias" de uma antiga ministra do turismo. Com esse pensamento é melhor pensar em só relaxar e gozar.

Quanto a dever haver ou não investimento público no setor, é evidente que sim, mas observando uma escala de prioridades. Temos um Estado que arrecada muito, gasta muito mal e muito mais do que arrecada. E gasta sem a devida fiscalização e punição. É uma combinação explosiva. Antes de pensarmos em investimentos públicos em Internet temos que pensar em Educação, Saúde e Segurança. Estamos vivendo em um país cada vez mais ignorante e violento. Só porque a Economia aparenta estabilidade não podemos deixar de pensar em escala de prioridades. Sem alicerce um dia a casa cai.

Esta foi a melhor e mais inteligente enquete que já vi aqui no fórum.

Mensagem editada pelo usuário Prado_2008 em 21/05/2010 21:00.
  • Novo tópico
Páginas:  1  | primeira | anterior | próxima | última
Quem está online
0 usuários cadastrados e 1 visitantes.
  •  
Média geral    5.0 (1 votos)

1 votos (100.0%)

Excelente

0 votos (0.0%)

Ótimo

0 votos (0.0%)

Bom

0 votos (0.0%)

Regular

0 votos (0.0%)

Ruim